Brasil é único país do mundo a ter bebê gerado em útero transplantado de doadora morta

Cesar Baima

Procedimento de sucesso acaba de ser relatado em uma das principais publicações médicas do planeta.

RIO – Uma menina paulistana prestes a completar 1 ano de idade é a primeira criança, no mundo, gestada por uma mãe que recebeu um útero de uma doadora falecida. O procedimento de sucesso ainda único no planeta foi realizado por uma equipe do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo no ano passado, e agora está sendo oficialmente relatado em artigo publicado ontem no prestigiado periódico científico médico “The Lancet”.

Vítima da chamada Síndrome de Rokitansky, a analista de recursos humanos X — que pediu para não ser identificada — só descobriu que tinha nascido sem útero aos 25 anos, após conhecer o atual marido e pai da criança.

Fonte: O Globo

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cirurgia Íntima